Browsing Tag:

Verus Editora

A pequena livraria dos corações solitários – Annie Darling

Era uma vez uma pequena livraria em Londres, onde Posy Morland passou a vida perdida entre as páginas de seus romances favoritos. Assim, quando Lavinia, a excêntrica dona da Bookends, morre e deixa a loja para Posy, ela se vê obrigada a colocar os livros de lado e encarar o mundo real. Porque Posy não herdou apenas um negócio quase falido, mas também a atenção indesejada do neto de Lavinia, Sebastian, conhecido como o homem mais grosseiro de Londres. Posy tem um plano astucioso e seis meses para transformar a Bookends na livraria dos seus sonhos — isso se Sebastian deixá-la em paz para trabalhar. Enquanto Posy e os amigos lutam para salvar sua amada livraria, ela se envolve em uma batalha com Sebastian, com quem começou a ter fantasias um tanto ardentes. Resta saber se, como as heroínas de seus romances favoritos, Posy vai conseguir o seu “felizes para sempre”. O primeiro livro da série A Livraria dos Corações Solitários!

A pequena livraria dos corações solitários – Annie Darling
Verus Editora
Ano: 2017 / Páginas: 308
Comprar: AMAZON

30/10/2017
/

[Resenha em vídeo] Uma chama entre as cinzas

Posted in Vídeos by

58 - Uma chama entre as cinzasLaia é uma escrava. Elias é um soldado. Nenhum dos dois é livre. No Império Marcial, a resposta para o desacato é a morte. Aqueles que não dão o próprio sangue pelo imperador arriscam perder as pessoas que amam e tudo que lhes é mais caro. É neste mundo brutal que Laia vive com os avós e o irmão mais velho. Eles não desafiam o Império, pois já viram o que acontece com quem se atreve a isso. Mas, quando o irmão de Laia é preso acusado de traição, ela é forçada a tomar uma atitude. Em troca da ajuda de rebeldes que prometem resgatar seu irmão, ela vai arriscar a própria vida para agir como espiã dentro da academia militar do Império. Ali, Laia conhece Elias, o melhor soldado da academia — e, secretamente, o mais relutante. O que Elias mais quer é se libertar da tirania que vem sendo treinado para aplicar. Logo ele e Laia percebem que a vida de ambos está interligada — e que suas escolhas podem mudar para sempre o destino do próprio Império.

Assim que recebi o livro “Uma chama entre as cinzas” lançamento da Verus Editora, fui dar uma espiada para saber do que realmente se tratava. Eu sabia que esse livro tinha conquistado as gringas logo no lançamento, mas nunca me interessei em saber mais sobre ele. Comecei a ler a primeira página só pra “sentir a narrativa da autora” e não consegui mais largar. Adorei!!! Confira no vídeo minhas impressões sobre esse livro  incrível! E se gostar do  vídeo, não esqueça de dar um like para eu saber que você realmente gostou. E se ainda não é inscrito no Canal, inscreva-se para ficar por dentro de todas as novidades. Beijos e até a próxima! :)

capa uma chama entre as cinzas

Uma chama entre as cinzas -Sabaa Tahir
Verus Editora
Ano: 2015 / Páginas: 432
Comprar: Amazon|Americanas|Saraiva|Submarino

5 star

30/11/2015
/

[Resenha em vídeo] O dom

Posted in Vídeos by

45 - O dom [AGOSTO]Quando C. J. Walker, um garoto de nove anos, encosta no braço da amiga de sua mãe no velório e sussurra o desejo de que ela não estivesse morta, só está tentando fazer a coisa certa. Mas, no momento em que a mulher desperta, a tempestade que se segue não pode ser contida. Pessoas aterrorizadas, dentro e fora das fronteiras da cidade, exigem saber quantos de seus entes queridos podem ter sido enterrados vivos pelo mesmo agente funerário, ou por qualquer outro. Porém a prova de que C. J. Walker pode realmente despertar os mortos é filmada em segredo e então veiculada publicamente. Em uma única manhã, a mãe de C. J., Lynn, vê sua casa se tornar uma fortaleza e seu filho, um alvo. Indivíduos de luto, desesperados para que a morte abandone seus entes queridos; representantes da mídia e de organizações médicas e científicas; influentes líderes religiosos e poderosas agências governamentais, todos mexem seus pauzinhos para ganhar uma posição de vantagem e influência e obter o máximo controle sobre o dom mais poderoso de que já se teve notícia. Em meio à confusão, Lynn e seu ex-marido, Joe, lutam para encontrar uma maneira de escapar com C. J., para mantê-lo em segurança e de alguma forma tornar possível que ele tenha uma vida normal novamente. Mas para isso eles precisam agir rápido, antes que o garoto seja levado por algum dos vários interessados em seu poder. O DOM é um livro ágil e alucinante, que lida com questões sobre morte, vida, amor, ética e fé.

O Dom  de Robert Ovies, tem uma premissa diferente de tudo o que já li. Imagine uma criança de apenas 9 anos com o dom de despertar os mortos e curar doentes terminais com um simples toque? Pois esse é o dom de C.J. Walker. Confira o vídeo minhas impressões sobre esse livro, lançado pela Verus Editora. E não esqueça de deixar um like no vídeo, caso tenha gostado. E se ainda não se inscreveu no canal, inscreva-se para receber todas as novidades em primeira mão. :)

capa o dom2

O dom – Robert Ovies
Verus Editora
336 páginas
Comprar: Amazon|Americanas|Saraiva|Submarino
4 star

sobre o autor2

robert oviesRobert Ovies é ex-diretor de publicidade da Chevrolet dos Estados Unidos, diácono ordenado, assistente social e com sua esposa, foi missionário na reserva navajo do Arizona. Durante dez anos ele foi diretor de um centro de reabilitação público em Detroit, oferecendo apoio a famílias desestruturadas, pessoas sem-teto e mulheres vítimas de abuso. O dom é seu primeiro romance.

 

 

28/09/2015
/

Resenha [ No mundo da Luna]

Posted in Livros by

29 - No mundo da LunaA vida de Luna está uma bagunça! O namorado a traiu com a vizinha, seu carro passa mais tempo na oficina do que com ela e seu chefe vive trocando seu nome. Recém-formada em jornalismo, ela trabalha como recepcionista na renomada Fatos&Furos. Mas, em tempos de internet e notícias instantâneas, a revista enfrenta problemas e o quadro de jornalistas diminuiu drasticamente. É assim que a coluna do horóscopo semanal cai no colo dela. Embora não tenha a menor ideia de como fazer um mapa astral e não acredite em nenhum tipo de magia, Luna aceita o desafio sem pestanejar. Afinal, quão complicado pode ser criar um texto em que ninguém presta atenção?
Mas a garota nem desconfia dos perigos que a aguardam e, entre muitas confusões, surge uma indesejada, porém irresistível paixão que vai abalar o seu mundo. O romance perfeito — não fosse com o homem errado. Sem saída, Luna terá que lutar com todas as forças contra a magia mais poderosa de todas, que até então ela desconhecia: o amor.
Com seu estilo ágil e fluido, Carina Rissi criou em No mundo da Luna uma leitura viciante, permeada de humor, magia e paixão, que vai conquistar você do início ao fim.

Mais um livro da autora nacional Carina Rissi com uma leitura super leve, divertida e prazerosa. Simplesmente não posso passar batido a um novo lançamento da Carina, a escrita dela é viciante, dessa vez não foi diferente…

Dessa vez, vamos conhecer a Luna, jornalista recém formada, trabalhando como recepcionista na decadente revista Fatos & Furos. Tudo o que ela mais sonha é ter uma coluna na revista, ser reconhecida por seus textos, mas no momento, atender telefone é sua única ocupação.

Após alguns remanejamentos dentro da revista, Luna acaba indo parar na sessão de horóscopo. Ela não entende absolutamente nada do assunto, mas de qualquer forma, ela vai ter sua tão sonhada coluna, mesmo que esteja longe de ser o que ela sonhou para si. Além de estar completamente perdida no assunto, ainda é obrigada a conviver com o mal humor de seu chefe Dante, que teima em trocar seu nome, isso quando percebe que ela existe.

Sem saber como escrever sua coluna de horóscopo, Luna recorre à sua avó cigana. Feliz achando que finalmente a neta começou a se interessar pela cultura cigana, a avó logo se decepciona, quando Luna confessa que não acredita em destino, leitura do futuro e todas essas lendas ciganas. Sem poder contar com a ajuda da avó, Luna compra um baralho cigano e recorre ao Google para tentar interpretar as cartas.

Imediatamente, sua coluna acaba se tornando o maior sucesso da revista, Luna, ou melhor “Cigana Clara” já que ela preferiu não usar seu nome verdadeiro, recebe milhares de emails diariamente, de pessoas agradecendo pelos “toques” e dizendo que as previsões da Cigana Clara mudaram sua vida. Luna fica chocada, já que não faz a menor ideia de como isso possa estar acontecendo, já que ela própria não acredita em previsões de destino. A partir dai, Dante começa a vê-la com outros olhos, mas sem deixar de ser irritante. E a vida de Luna está prestes a virar de ponta cabeça…

No mundo da Luna

No mundo da Luna

Mais uma vez, a Carina Rissi criou uma história deliciosa, com personagens carismáticos e o mocinho mais fofo da literatura. Sem dúvida, os personagens masculinos que ela cria são os melhores que já vi. Os personagens secundários também são incríveis, como Sabrina, a melhor amiga de Luna e seu irmão Raul. A avó cigana também rouba a cena.

Agora vamos falar sobre a Luna… não me lembro de ter tido tantos altos e baixos em relação a um personagem em algum livro. Em certos momentos, Luna foi extremamente dramática, infantil, fazia um escândalo por qualquer coisinha, dava vontade de socar a cara dela! E olha que para um personagem me tirar do sério precisa muito viu…

Apesar de ter achado a trama bem previsível, o modo como a autora percorre os caminhos para chegar ao desfecho é fascinante. A constante briga de gato e rato dos personagens vai até o fim. A história tem bastante altos e baixos, mas a partir da metade, me fisgou de vez e até a própria Luna acabou se redimindo comigo. Mesmo tendo tido essa birra pela personagem e achar que o livro poderia ter se alongado menos,  eu adorei!!!

É impossível não gostar de um livro da Carina Rissi, pelo menos até agora comigo tem sido assim. Mesmo não tendo dado 5 estrelinhas para o livro, é uma leitura que eu super indico, para quem é fã de chick-lit e fã da Carina Rissi, sem dúvida vai se apaixonar pelas maluquices da Luna. :)

No mundo da Luna – Carina Rissi
Verus Editora
476 páginas
Comprar: Amazon|Americanas|Saraiva|Submarino
4 star

 

tag sobre a autora

 

Carina Rissi é uma leitora voraz, sempre lê a última página de um livro antes de comprá-lo e tem um fascínio inexplicável pelo tema “amores impossíveis”. Vê nas obras de Jane Austen uma fonte de inspiração.Quando se desgruda dos livros – tanto dos que lê quanto dos que escreve –, Carina se diverte assistindo a comédias românticas ao lado da família e planejando viagens a lugares exóticos que não conhecerá tão cedo, devido ao seu pavor de avião.Ela nasceu em Ariranha, interior de São Paulo, onde mora atualmente com o marido e a filha, após ter vivido uma curta temporada na capital paulista. Seu primeiro livro, Perdida: um amor que ultrapassa as barreiras do tempo, foi traduzido e publicado na Alemanha, onde entrou para as listas de mais vendidos.

19/06/2015
/

[Resenha] Um amor de cinema

Posted in Livros by

64 - Um amor de cinemaNeste irresistível romance, Kenzi Shaw, uma designer fanática por filmes, é lançada nas águas turbulentas do amor — ao estilo de Hollywood — quando seu lindo ex-namorado lhe propõe uma série de desafios relacionados a comédias românticas para reconquistar seu coração. Que garota não gostaria de vivenciar a cena das compras de Uma linda mulher? É o desafio número dois da lista. Ou tentar fazer os passos de dança de Dirty dancing? É o número cinco. Uma lista, dez momentos românticos de filmes e várias aventuras depois, Kenzi se pergunta: ela deve se casar com o homem que sua família adora ou arriscar tudo por um amor de cinema?

Kensington  está vivendo a melhor fase de sua vida, que qualquer mulher à beira dos trinta anos poderia querer. Está noiva de Bradley, um homem maravilhoso, ocupa um cargo importante em uma empresa de publicidade, enfim, sua vida está perfeita. Até descobrir que seu amado emprego está ameaçado. Como as finanças da empresa não andam muito bem, é imprescindível que ela consiga fechar um contrato com um novo cliente. Mas do dia para a noite sua vidinha tranquila se transforma em um furacão. O tal cliente importante que ela tem que convencer a qualquer custo a fechar negócio com sua empresa é ninguém menos que Shane Bennet, seu ex namorado, dos tempos da faculdade.

Um amor de cinema

Um amor de cinema

Após sete anos sem ter notícias de Shane, eis que ele surge ainda mais bonito e agora um homem maduro e responsável. Totalmente desconcertada com sua presença, Kenzi não deixa que ninguém perceba que eles já se conheciam. A ideia de Shane é abrir um restaurante/cinema e como ele já sabia, ninguém entende mais de cinema, principalmente de  “Comédias românticas” como Kenzi. No início ela fica sensibilizada por Shane ter se lembrado de sua grande paixão pelos filmes românticos. Kenzi não só já assistiu a todas as comédias românticas que se possa imaginar, como também conhece cada fala de de cada um deles. Para sua surpresa, Shane lhe faz uma proposta, na verdade um desafio, baseado em seus filmes favoritos. Para não perder o o contrato com o “novo cliente” e consequentemente seu emprego, Kenzi acaba aceitando o desafio, sem ter a mínima ideia do que vem pela frente e principalmente dos sentimentos que estavam adormecidos e que inevitavelmente serão despertados.

 

  1. Sintonia de amor
  2. Uma linda mulher
  3. O diário de Bridget Jones
  4. Vestida para casar
  5. Dirty dancing – ritmo quente
  6. Gatinhas e gatões
  7. Simplesmente amor
  8. Digam o que quiserem
  9. Mensagem para você
  10. O casamento do meu melhor amigo
Um amor de cinema

Um amor de cinema

Cada um desses filmes, teve uma cena, escolhida a dedo por Shane para eles “interpretarem” juntos. Imagina a emoção de Kenzi ao perceber que ele realmente conhecia a cena, que havia realmente decorado as falas dos personagens… Durante esse desafio, é claro que vai rolar muita confusão e ciúmes por parte do noivo Bradley.

Tenho que confessar que mesmo o livro tendo essa premissa tão fofa, eu demorei a me conectar com a história e os personagens. Somente na segunda metade do livro eu comecei a curtir pra valer. Com tantas citações de filmes adoráveis, fica difícil não conquistar o leitor, mesmo que demore um pouquinho como foi o meu caso. Da lista do Shane só não vi ainda “Vestida para casar” e fiquei morrendo de vontade de assistir já! Como toda protagonista de Chick-lit, Kenzi é azarada, desastrada e  insegura. E Shane é tão fofo… ai, ai. Algumas cenas são hilárias. E o final então… fofo demais, eu amei e fiquei com os olhos úmidos. Essa leitura promete agradar a todos os fãs de comédias românticas. Eu recomendo. Leiam!

Um amor de cinema – Victoria Van Tiem
Verus Editora
293 páginas
Comprar: Saraiva
4 estrelas2

 

sobre a autoravictoria van tiem
 

Victoria Van Tiem é escritora, artista, faixa preta, mãe, esposa e cuidadora relutante de um porco barrigudo, Pobby. Quando não está escrevendo, bancando a motorista de seus filhos adolescentes ou mantendo o porco longe do jardim dos vizinhos, Victoria se entrega a seus dois passatempos favoritos: um bom livro e filmes românticos.

18/11/2014
/

[Resenha] As batidas perdidas do coração

Posted in Livros by

60 - As batidas perdidas do coraçãoViviane acaba de perder o pai. Com a mãe em depressão, ela se vê obrigada a assumir o controle da casa com o irmão mais novo. Rafael teve o pai assassinado há alguns anos e agora viu quatro pessoas de sua família, incluindo a única irmã, morrerem em um acidente de carro. Viviane pertence a uma classe social que ele despreza. Rafael é tudo o que ela sempre ouviu que deveria evitar. Eles são opostos, porém dividem a mesma dor. Jamais se aproximariam se a morte não os colocasse frente a frente, e agora, por mais que saibam que são completamente errados um para o outro, não conseguem evitar uma intensa conexão, que poderá salvá-los ou condená-los para sempre. As batidas perdidas do coração é uma história sobre perdas e como cada um lida com elas. É o encontro atormentado entre a dor e o amor. Com uma narrativa sexy, envolvente e repleta de música, este livro traz a última tentativa de duas pessoas arruinadas que, juntas, buscam desesperadamente se encontrar.

Depois de tanto ouvir falarem bem de “As batidas perdidas do coração“, de tantos suspiros e resenhas emocionadas é claro que eu precisava lê-lo. Ainda mais sendo de uma autora nacional, minha curiosidade só aumentou.

As batidas perdidas do coração vai contar a história de Viviane e Rafael. Uma história marcada pela  perda, dor e desespero. Viviane acaba de perder o pai, após uma dolorosa luta contra o câncer. Rafael está devastado, pois acaba de perder sua irmã, seu tio e tia e uma prima, vítimas fatais de um acidente de trânsito. O primeiro contato dos dois se dá no hospital, e  a repulsa que ambos sentem um pelo outro é instantânea. Cada um é o tipo de pessoa que o outro despreza. Rafael vê Viviane como uma patricinha, filhinha de papai metida e orgulhosa. Viviane, o vê como um delinquente, motoqueiro tatuado, um bad boy que ela quer distância. Com a amizade inesperada de Rodrigo, irmão de Vivi e Lucas, primo de Rafael, cujos pais e irmã morreram no acidente, os dois inevitavelmente acabam se aproximando, e aquele desprezo inicial, acaba se transformando em uma tórrida paixão.

—Meu pai dizia que, quando descobrimos que estamos apaixonados, o coração fica tão assustado que pula um batimento, como se estivesse se preparando para todas as variações de velocidade que vai ter que enfrentar a partir daí. É o que ele chama de “batidas perdidas do coração”. Segundo ele, o coração nunca recupera o ritmo correto até se encontrar no peito de outra pessoa.

As batidas perdidas do coração

As batidas perdidas do coração

Viviane vai ver seu mundinho cor-de-rosa virar de pernas pro ar. Por causa de Rafael ela termina seu namoro com César, o namorado perfeito, que já estavam juntos a três anos. Enfrenta a ira de seu avô que está muito contrariado por sua neta terminar o namoro com um rapaz tão adequado quanto César e se envolver com  um delinquente tatuado. Mesmo seu avô tendo cortado sua gorda mesada, Viviane o contraria e vai morar junto com Rafael. A partir dai, Viviane vai conhecer a verdadeira face de Rafael, um sujeito rebelde, mas muito centrado, que descarrega toda sua dor e sofrimento nas drogas e no álcool. A cada nova perda em sua vida ele se afunda mais no vício. E acaba explicando tudo isso a Vivi. Contrariando suas expectativas, a mocinha está decidida a apoiá-lo e permanecer ao seu lado, até nos momentos mais difíceis. E esses momentos difíceis serão muitos e muitos, a partir do momento que Rafael está decidido a se curar do vício e não correr o risco de perder Viviane, o primeiro e grande amor de sua vida…

“— Minhas perdas me levaram a um caminho que pode não ter volta.
— E as minhas me levaram até você.
— E se eu for um caminho sem volta? Estremeço. É incrível como ela me alcança por baixo da superfície.
— Eu construo uma via e crio um retorno.”
As batidas perdidas do coração

As batidas perdidas do coração

As batidas perdidas do coração é um New Adult envolvente, marcante e sexy (sem ser vulgar). A personalidade inicial de Rafael me lembrou muito Travis Maddox com seu jeitão de bad boy sexy.  Mas com o virar das páginas, podemos perceber sua personalidade única, sua fraqueza quanto ao vício, mas sua força de vontade de enfrentar tudo por seu amor. Fiquei encantada com a escrita da autora Bianca Briones, suas palavras tocam fundo em nosso coração. A intensidade dos sentimentos expostos no livro é algo raro de se ver. Não vou negar que não senti um pouco de raiva de Viviane, em certos momentos. Dava vontade de dar um chacoalhão e dizer: “Acorda menina, parte pra outra, esse cara não te merece.” Mas aí, um novo fato acontecia e me fazia pensar qual seria a minha atitude se estivesse no lugar dela. Foi isso que eu achei mais marcante na escrita da Bianca… ela mexe com a gente, desperta sentimentos, cutuca lá no fundo da alma.

O sentimento de amizade e lealdade entre todos os personagens também é bem forte. Me afeiçoei a todos, sem exceção. Os personagens são muito bem construídos, com suas fraquezas e suas virtudes, totalmente críveis.  A história é narrada por Viviane e Rafael, em capítulos alternados, o que tornou a trama ainda mais envolvente, nos proporcionando o ponto de vista de ambos em cada situação. E como se não bastasse toda essa explosão de sentimentos, a autora ainda nos brinda com uma trilha sonora incrível! Cada início de capítulo tem o trecho de uma música, que se encaixa perfeitamente bem com a situação do momento. Virei fã da autora e agora aguardo ansiosa por seus próximos livros. Enfim, adorei a história de Vivi e Rafa e certamente, fãs de New adult também irão adorar.  Super recomendo! Leiam!

As batidas perdidas do coração – Bianca Briones
Verus Editora
402 páginas
Comprar: Saraiva
5 estrelas2
sobre a autora
bianca brionesBianca Briones cria histórias desde antes de saber escrever. Foi uma menina sonhadora e manteve essa qualidade, o que a faz se perder em pensamentos com frequência. O romantismo explodiu em sua vida na adolescência, quando decidiu que seus filhos teriam nome de heróis. E tiveram — Athos e Arthur são dois garotos encantadores que a salvam todos os dias.
Desde 2010, Bianca tem como prioridade a escrita e está sempre trabalhando em um novo projeto, enquanto outros personagens esperam pacientemente (ou nem tanto) que ela também escreva suas histórias. Também é autora do chick-lit Curvas para Cavill e do new adult As Batidas Perdidas do Coração. Atualmente está trabalhando em um novo projeto, enquanto outros personagens esperam pacientemente (nem tanto) que ela também escreva suas histórias. Nas horas vagas, está sempre acompanhada de um bom livro, seus filhos Athos e Arthur; Max, o Husky Siberiano, e seus dois coelhinhos, Morgana e Lancelot.

 

 

16/10/2014
/

[Resenha] A lista de Brett

Posted in Livros by

56 - A lista de BrettBrett Bohlinger parece ter tudo na vida — um ótimo emprego como executiva de publicidade, um namorado lindo e um loft moderno e espaçoso. Até que sua adorada mãe morre e deixa no testamento uma ordem: para receber sua parte na gorda herança, Brett precisa completar a lista de sonhos que escreveu quando era uma ingênua adolescente. Deprimida e de luto, Brett não consegue entender a decisão de sua mãe — seus desejos adolescentes não têm nada a ver com suas ambições de agora, aos trinta e quatro anos. Alguns itens da lista exigiriam que ela reinventasse sua vida inteira. Outros parecem mesmo impossíveis. Com relutância, Brett embarca numa jornada emocionante em busca de seus sonhos de adolescência. E vai descobrir que, às vezes, os melhores presentes da vida se encontram nos lugares mais inesperados.

Brett Bohlinger está arrasada! Ela acaba de perder sua querida mãe. Sofrendo com o luto, tudo o que ela quer é reviver as maravilhosas lembranças que tiveram juntas. Juntamente com seus dois irmãos e suas esposas, ela enfrenta a situação mais difícil de suas vidas. No dia da leitura do testamento de sua mãe, todos ficam chocados com as escolhas feitas por ela. Principalmente Brett, que além de perder para sua cunhada o cargo de presidente da empresa da família, que era ocupado pela mãe, acaba ficando momentaneamente sem sua herança.

A lista de Brett

A lista de Brett

A mãe deixou para Brett uma lista, com dez itens um tanto estranhos, que deverá ser cumprida totalmente, para que a filha tenha direito à sua herança. E Brett tem  o prazo de um ano para cumprir esta lista. Na verdade, a lista foi feita pela própria Brett, no início de sua adolescência. Alguns itens já haviam sido realizados durante  sua vida como “Beijar Nick Nichol”, “Ser líder de torcida”, “Conhecer Paris”, etc. Faltavam apenas dez itens dessa lista, que Brett não fazia a mínima ideia de que ainda existia. Entre eles, ter um filho, ter um cavalo, fazer uma apresentação ao vivo em um palco imenso, etc…

Acontece que a Brett de hoje, aos trinta e poucos anos de idade, é completamente diferente daquela menina ingênua da adolescência. Hoje suas metas de vida são muito diferentes. Onde sua mãe estava com a cabeça quando lhe deixou essa lista esdrúxula para ser cumprida? E ainda por cima, um advogado para se certificar de que essas metas seriam realmente cumpridas. Sem ter para onde fugir e já necessitando muito de sua gorda herança, Brett decide agir. Ela conta com o total apoio de Brad, o advogado responsável pela herança. Ela começa pelos itens mais fáceis da lista, e a cada meta cumprida, Brad lhe entrega uma carta deixada por sua mãe. A conexão entre mãe e filha sempre foi tão forte, que mesmo não estando mais presente, a mãe sabia exatamente o que a filha sentiria ao realizar as tarefas da lista. Parecia que estava falando com Brett.

a lista de brett02

Com o passar dos meses, Brett se sente cada vez mais forte e apta a realizar todas as maluquices da lista. Ou quase todas… De onde ela iria tirar um cavalo??? E ter um filho? Assim tão rápido. Se apaixonar? Se bem que esse item já poderia ser riscado da lista, pois Brett é apaixonada pelo namorado Andrew neh? Ou não??? Ter um bom relacionamento com o pai? Como se ele já estava morto? Apesar de sua grande determinação, Brett está tão confusa e assustada… por que sua mãe tinha que complicar tudo pra ela? Por que não poderia ter deixado sua herança normalmente assim como fez com seus irmãos? O que ela pretendia com isso? Brett vai descobrir…

O amor que senti por esse livro é inexplicável! Brett é uma personagem incrível, que não enxergava o seu potencial, sua capacidade de realizar qualquer tarefa e sua facilidade de encantar todos ao seu redor. Mesmo depois de morta, sua mãe a fez enxergar tudo de melhor que havia nela. Eu me encantei e torci muito a cada nova tarefa que Brett tinha que realizar pra cumprir suas metas. Ri e chorei com suas tentativas de acertos, nem sempre bem sucedidas, mas sempre com muita determinação. Os personagens são carismáticos e críveis. A lista de Brett é um livro que traz uma lição de vida pra quem o lê.  Eu meapaixonei pela história desde a primeira página. Algumas passagens são realmente muito emocionantes, impossível segurar as lágrimas.  Amor, conformismo, determinação e redescoberta. São sentimentos que estarão presentes nesta obra incrível de uma autora novata, Lori Nelson Spielman, este é seu primeiro livro. Imagino então como serão os seguintes. Entrou para a minha lista de favoritos. Leitura super recomendada. LEIAM!

A lista de Brett – Lori Nelson Spielman
Editora Verus
364 páginas
Comprar: Submarino||Saraiva||Americanas
5 estrelas2
JuOliveira_seloAprovado300
sobre a autoralori nelson spielman
 

Lori Nelson Spielman é ex-fonoaudióloga e orientadora escolar. Atualmente, trabalha dando aulas particulares. Ela gosta de correr, viajar e ler, embora sua verdadeira paixão seja escrever. A lista de Brett,  seu primeiro romance, teve os direitos vendidos para dezessete países. Lori vive em East Lansing, no estado de Michigan, com o marido e um gato muito mimado. Eles passam os invernos amaldiçoando o frio gélido da região e os verões velejando o glorioso lago Michigan.

06/10/2014
/

Desastre Iminente

Posted in Livros by

50 - Desastre IminenteTravis perdeu a mãe muito cedo, mas, antes de morrer, ela lhe ensinou duas regras de vida – ame muito, lute mais ainda. Tendo crescido em uma família de homens que gostam de jogos e lutas, Travis Maddox é um cara durão. Musculoso e tatuado, bad boy até o último fio de cabelo, ele leva uma mulher diferente para casa a cada noite. Até conhecer Abby Abernathy. Determinada a se manter longe de problemas, Abby resiste com todas as forças ao charme de Travis, sem saber que assim só o deixa mais determinado a conquistá-la. Será que o invencível Travis ‘Cachorro Louco’ Maddox vai ser derrotado por uma garota?

Engana-se quem pensa que Desastre Iminente é continuação de Belo Desastre. Na verdade, nesse livro a autora Jamie McGuire conta a mesma história de Belo Desastre só que agora, por outro ponto de vista, o de Travis Maddox.

Quando li Belo Desastre (resenha AQUI) fiquei extasiada, amortecida com a história de Travis e Abby. Devorei o livro em pouco tempo, perdi o sono, o que não é qualquer livro que me faz, varei a madrugada lendo. Imaginei que com Desastre Iminente seria mais ou menos a mesma coisa. Mas me enganei…

Apesar de ter achado essa versão da história muito mais intensa e calorosa, digamos assim, não consegui me apegar tanto à leitura como foi em Belo Desastre. Imagino que por eu já saber tudo o que iria acontecer na trama de amor e ódio entre Travis e Abby, não me prendi tanto à leitura como pensei que seria. A história é intensa e sendo mostrada pelo bad boy Travis,  na minha opinião,  ficou melhor ainda.

travis

Prova do livro (Sorry pela foto tosca, foi tirado do celular :oops:

Quando Abby, em sua versão, descrevia os rompantes de ciúmes e agressividade de Travis, era como se víssemos de fora o showzinho dele. Mas agora em sua própria versão, dá a impressão de que estamos mais envolvidos naquilo, sentimos mais com suas explosões de raiva e frustração. Já tinha me irritado com todo o drama de Abby no primeiro livro, mas nesse, foi como se minha aversão por ela tivesse aflorado. Senti muita raiva dela, falsa ingênua, se fazendo de santinha, cheia de mimimi, a me polpe neh?Acabei pegando raiva do Travis também por ser tão idiota, com sua obsessão em conquistar Abby, a qualquer preço.

O interessante é poder ver como todas história tem dois lados e como nossa opinião pode mudar ao conhecermos as duas. Eu não deixei de gostar dos livros, pelo contrário, são muito bem escritos, são intensos e realmente prendem o leitor. Mas nesse caso, a birrinha que tive pela Abby em Belo Desastre se transformou em ódio mortal X(  a personagem mais irritante de todos os tempos! E a simpatia e o carinho que eu tinha por Travis, não sumiu, mas diminui bastante.

O que me chamou bastante a atenção foi prólogo desse livro,  é um dos mais emocionantes que já li. Impossível não se sentir tocada já nas primeiras páginas. E saber o que acontece com o casal onze anos depois também é muito fofo. Foram as partes que mais gostei, e justo as duas que não estão no primeiro livro :wink:

Acredito que quem não conhece a história e quiser começar a ler por Desastre Iminente não tem problema. É claro que para ter um ponto de vista mais amplo o ideal é ler os dois. Enfim, a história é ótima e vale a pena ler. Eu recomendo!

sobre a autora

jamie mcguireJamie McGuire nasceu em Tulsa, Oklahoma. Ela foi criada por sua mãe Brenda em Blackwell, Oklahoma, onde  se formou no colegial em 1997. Jamie assistiu à Northern Oklahoma College, da University of Central Oklahoma, e Autry Centro de Tecnologia, onde se graduou com uma licenciatura em Radiologia. Jamie vive agora em Enid, Oklahoma, com seus três filhos e marido Jeff, que é um cowboy de verdade. Eles compartilham seus 10 hectares, com quatro cavalos, quatro cães e Galo o gato. Livros publicados por Jamie incluem a triloiga Providência , e o best-seller do The New York Times,  Belo Desastre , um romance contemporâneo. Quando ela não está escrevendo, Jamie passa seus dias com a família e cuidando de seus quatro cães.

Desastre Iminente – Jamie MacGuire
Editora Verus
405 páginas
Comprar: Saraiva (Pré-venda)
02/09/2013
/

Perdida [Resenha + Sorteio]

Posted in Livros, Sorteios by

48 - PerdidaSofia vive em uma metrópole, está habituada com a modernidade e as facilidades que isto lhe proporciona. Ela é independente e tem pavor a menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são os que os livros lhe proporcionam. Mas tudo isso muda depois que ela se vê em uma complicada condição. Após comprar um novo aparelho celular, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século XIX, sem ter ideia de como ou se voltará. Ela é acolhida pela família Clarke, enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de voltar para casa. Com a ajuda de prestativo Ian, Sofia embarca numa procura as cegas e acaba encontrando algumas pistas que talvez possam leva-la de volta para casa. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos…

Finalmente li Perdida! Conheci  o trabalho da Carina Rissi quando li Procura-se um marido e faz tempo que estava querendo ler Perdida. Só ouvia elogios sobre o seu primeiro livro e agora puder comprovar por que.

Sofia é uma garota urbana, acostumada com o conforto e a modernidade. Curte a vida plenamente. Até que um dia, em mais uma balada, ela acaba perdendo seu celular, que cai dentro da privada. Na manhã seguinte ela vai até uma loja comprar um novo celular. Mal sabia ela que sua vida estava prestes a mudar radicalmente.

Ela achou aquela loja bem esquisita e a vendedora mais ainda. Praticamente obrigou Sofia a levar um celular, “super moderno” que tinha tudo o que ela precisava. Ao sair da loja, ainda achando tudo muito esquisito, Sofia tentou ligar o celular e nada… Tentou novamente e quando este se acendeu, uma luz muito forte e brilhante praticamente a cegou.

perd01

Ao recuperar sua visão, Sofia não acreditou no que via. Sem saber, ela tinha “despertado” no ano de 1830. Um distinto cavalheiro que passava por ali parou para auxiliar a pobre moça. Ian Clarke ficou chocado inicialmente, ao ver uma moça tão linda usando roupas tão indecentes e inadequadas para a época. Sofia pensou que aquilo era algum tipo de brincadeira, aquele homem lindo vestido com aqueles trajes antigos, só podia ser algum desfile ou algo parecido.

Ela insistiu com ele, para saber o que realmente estava acontecendo, porque ele estava montado em um cavalo vestido aquelas roupas. Sem entender do que a moça estava falando, Ian pensou que a moça tivesse batido a cabeça ou algo assim e decide levá-la para casa.

Ao chegar à casa de Ian, Sofia se sentiu mais desnorteada ainda. Principalmente ao conhecer a irmã de Ian, Elisa, uma linda moça, gentil e delicada vestida com um enorme vestido, todo repolhudo. Com o passar do tempo, ela foi caindo na real e percebeu que realmente, inexplicavelmente ela tinha voltado no tempo. Mas como isso era possível? Como ela faria para voltar pra casa, voltar para 2010? Agora ela precisava descobrir isso.

per03

Os dias foram passando e apesar da gentileza de Ian e Elisa, Sofia não conseguia se adaptar aquela vida. Sem sinal de celular, sem chuveiro e o que é pior… sem banheiro! Ela ficou chocada ao descobrir que tinham que usar a “casinha” para suas necessidades fisiológicas. E aqueles vestidos enormes, cheios de pano, pra que isso? Como Sofia chegou em 1830 vestindo apenas uma mini saia ela teve que usar os vestidos de Elisa. Ela não poderia continuar usando aquelas roupas tão inadequadas.

Com a proximidade e a convivência, inevitavelmente Ian e Sofia foram ficando cada vez mais ligados um no outro. Mas tudo com muita sutileza, os flertes eram singelos e gentis. Sofia se encantou com a “inocência”  e o pudor de Ian e ele se encantou pelo jeito despojado, com as gírias, “tipo assim” que Sofia sempre falava. Mesmo sendo muito diferentes um do outro eles se apaixonaram.

Mas Sofia sabia que não deveria se envolver com Ian, um homem lindo, educado, gentil, rico, maravilhoso, mas que vivia em outro tempo, outra época. Uma hora ou outra ela teria que voltar pra casa, ela iria acordar desse sonho e não queria magoar Ian.

per02Marcador autografado Carina Rissi é uma fofa! <3

Perdida é uma história deliciosa, viciante e “tipo assim, maneira” como diria Sofia. :P Um conto de fadas que mistura amor e comédia na dose certa. Ri muito com as trapalhadas de Sofia. Tudo pra ela era muito estranho e “ultrapassado”. E o Ian, era definitivamente um príncipe (suspiros) Educado, gentil e amoroso, como não se apaixonar por ele?

Perdida foi recentemente relançado pela Editora Verus do Grupo Editorial Record e a notícia que agradou a todas as fãs de Carina Rissi… Perdida vai virar filme! :love:  Adorei saber! E mal posso esperar para ver Ian e Sofia na telona.

Dá o maior orgulho saber que uma escritora brasileira está fazendo tanto sucesso, pois como eu já tinha comentado na resenha de “Procura-se um marido“, os livros da Carina Rissi, humilham muitos chick lits de autoras gringas badaladas. Na minha opinião, claro!

Enfim, um delícia de livro, divertido romântico e viciante. Não deixem de ler e se apaixonar por Ian e Sofia. Super recomendo! =)

sobre a autora

carina-rissiCarina Rissi é uma leitora voraz, sempre lê a última página de um livro antes de comprá-lo e tem um fascínio inexplicável pelo tema “amores impossíveis”. Vê nas obras de Jane Austen uma fonte de inspiração.
Quando se desgruda dos livros – tanto dos que lê quanto dos que escreve –, Carina se diverte assistindo a comédias românticas ao lado da família e planejando viagens a lugares exóticos que não conhecerá tão cedo, devido ao seu pavor de avião.
Ela nasceu em Ariranha, interior de São Paulo, onde mora atualmente com o marido e a filha, após ter vivido uma curta temporada na capital paulista.
Seu primeiro livro, Perdida: um amor que ultrapassa as barreiras do tempo, foi traduzido e publicado na Alemanha, onde entrou para as listas de mais vendidos.
Procura-se um marido é seu segundo livro.

Perdida – Carina Rissi
Editora Verus
362 páginas
Comprar: Saraiva (R$22,90)
pic010demoji_6229242decoojppic010demoji_6229242decoojppic010demoji_6229242decoojppic010demoji_6229242decoojppic010demoji_6229242decoojp
sorteio
 

a Rafflecopter giveaway

23/08/2013
/

No limite da atração {Resenha + Sorteio}

Posted in Livros, Sorteios by

33 - No limite da AtraçãoNinguém sabe o que aconteceu na noite em que Echo Emerson, uma das garotas mais populares da escola, se transformou em uma “esquisita” cheia de cicatrizes nos braços e alvo preferencial de fofocas. Nem a própria Echo consegue se lembrar de toda a verdade sobre aquela noite terrível. Ela só gostaria que as coisas voltassem ao normal.

Quando Noah Hutchins, o cara lindo e solitário de jaqueta de couro, entra na vida de Echo, com sua atitude durona e sua surpreendente capacidade de compreendê-la, o mundo dela se modifica de maneiras que ela nunca poderia ter imaginado. Supostamente, eles não têm nada em comum. E, com os segredos que ambos escondem, ficar juntos vai se mostrar uma tarefa extremamente complicada.

Ainda assim, é impossível ignorar a atração entre eles. E Echo vai ter de se perguntar até onde é capaz de ir e o que está disposta a arriscar pelo único cara que pode ensiná-la a amar novamente. No limite da atração é um livro sexy e envolvente sobre o amor de duas pessoas que estão perdidas e que juntas tentam desesperadamente se encontrar.

Este livro é um perfeito exemplo de um dos mais novos sub-gêneros literários,  o Sick-Lit. Pela capa, pode-se pensar que é apenas mais um livro adolescente bobinho e sem conteúdo. Mas este livro é exatamente o contrário. Uma história forte e muito intensa.

Echo Emerson, uma jovem de 17 anos já foi uma das garotas mais popular do colégio. Sempre rodeada de amigos, muito querida e invejada por todas as garotas. Sua beleza ruiva e sua simpatia sempre conquistava todos a sua volta. Só que agora tudo isso mudou. Echo passou a ser “a esquisita” do colégio. Motivo de olhares desconfiados e piadinhas sem graça, ela perdeu todo seu brilho e também a maioria de seus amigos.

Ninguém sabe o que realmente aconteceu a Echo, só o que se sabe é que após ficar um longo período afastada do colégio, ao retornar ela estava muito estranha, arredia e só usava blusas de manga longa e luvas nas mãos. Independente do clima que estivesse fazendo, esse passou a ser seu único figurino.

Noah Hutchins, sempre foi um dos melhores alunos da classe. Mas agora ele é solitário, maconheiro,  bad boy tatuado, aquele tipo que todos tentam evitar estar perto no colégio, um mal exemplo. Mas apesar de tudo ele é lindo e fica com todas as garotas que quiser.

Quando o caminho de Echo e Noah se cruzam, o desprezo de um pelo outro é mútuo. Eles se detestam e vivem trocando ofensas. Mas são obrigados a conviverem juntos por algum tempo, já que agora Echo é a monitora de Noah. Ela é encarregada de dar aulas particulares para Noah já que quer reformar o antigo carro que era de seu irmão, morto no Afeganistão. Como seu pai se nega a lhe dar dinheiro para isso, essa é sua única chance de juntar um dinheiro rápido.

Noah precisa melhorar suas notas, já que tem como único propósito em sua vida conseguir a guarda de seus irmãos pequenos de 4 e 8 anos. Após a morte dos pais a dois anos, os irmãos menores ficaram sob a guarda do estado e agora estão sendo colocados para adoção.

Com o recente convívio, Echo e Noah descobrem que já não se detestam tanto assim, pelo contrário, têm muitas coisas em comum. E inevitavelmente  os dois se apaixonam. Destruidos por um passado esmagador a dor acaba os unindo cada vez mais. E ninguém jamais os entendeu como acontece agora.

Este livro foi pra mim uma ótima surpresa. Mesmo já tendo lido ótimas críticas sobre ele, tanto aqui no Brasil, quanto lá fora, não imaginei que fosse gostar tanto. Confesso que no começo, nas primeiras 100 páginas mais ou menos, achei que seria um livro morno, meio sem graça. Mas a partir de então, fui sendo seduzida pela história e praticamente o devorei.

Os capítulos são alternados entre Echo e Noah, cada um dando o seu ponto de vista sobre a mesma situação. E é tão legal isso, ver como a mesma situação pode ter pesos diferentes para cada um deles. O ponto de vista do Noah foi o que mais me emocionou. Cheguei a chorar em algumas cenas, principalmente as que envolviam seus irmãozinhos. Tão emocionante…

A dor que a Echo enfrenta também é bem tocante. Não é uma dor física, mas aquela dor que toca lá no fundo, a mais difícil de ser esquecida.

“O pior tipo de choro não era o que todo mundo podia ver – os gemidos, as roupas rasgadas. Não, o pior acontecia quando sua alma chorava e, não importava o que você fizesse, não havia consolo. Algo murchava e se tornava uma cicatriz na parte da alma que sobrevivia. Para pessoas como Echo e eu, a alma tinha mais cicatrizes do que vida.”

No limite da Atração é o Livro 1 de uma trilogia. Quero muito ler a sequência, espero que seja lançado em breve aqui no Brasil. Este é mais um livro que mexeu comigo. Até uns três dias após terminar a leitura eu ainda me pegava pensando nos personagens, querendo mais e mais história. Enfim, uma ótima leitura que vai surpreender. Super recomendo!

No limite da Atração – Livro 1 (Katie McGarry)
Verus Editora
364 páginas
Comprar: Saraiva
pic010demoji_6229242decoojppic010demoji_6229242decoojppic010demoji_6229242decoojppic010demoji_6229242decoojppic010demoji_6229242decoojp
7256141cd2af11e2bdd322000a1fa8d7_7

a Rafflecopter giveaway

18/06/2013
/